11/13/2006

Ver para crer

Certa vez os irmãos de Jesus disseram-lhe para subir à Judeia. Decorria a festa dos tabernáculos, onde todo o Israel vinha a Jerusalém. Os irmãos de Jesus disseram-lhe para fazer milagres durante esse tempo. Porquê? Para que os outros, neste caso os seus discípulos, acreditassem nele. No entanto o que o texto diz claramente, é que os irmãos, aqueles que lhe diziam para ir fazer milagres, não acreditavam nele; mas pediam que Jesus fizesse milagres para que os outros acreditassem.
Uma questão se levanta neste ponto. Uma questão que se calhar não queremos responder.
Aqui vai a questão:
- Muitas vezes oramos "Senhor! Faz milagres para que os outros possam vir a crer em ti!" Mas será que estamos a ser sinceros nesse pedido, ou somos nós que deixámos de acreditar que Deus faz, e precisamos de ver para voltar a crer?
Se calhar não somos assim tão diferentes de Tomé.

2 Biblos:

Natanael disse...

Ver para crer cabe aos descrentes. Quando um descrente vê, só tem duas hipoteses: ou crê e é salvo, ou rejeita e é condenado, porque não só ouviu, como também viu e por isso já não tem desculpa.
Para nós crentes, o processo é ao contrário. Temos de crer para ver, ou se quisermos, temos de crer para que os outros vejam.

victor Santos disse...

É uma verdade tão tremenda mas eu quero ver. Prefiro duvidar e ver do que pensar que acredito e passar a minha vida sem ver.

Deus te abençoe pela riqueza e profundidade que Deus te tem concedido. Ama a palavra.

Meu teologo!