9/25/2007

Escolhe! A benção ou o abençoador

Tenho pensado numa expressão proferida por um grande homem, Moisés!

Certa vez, Moisés disse para Deus, "se a tua presença não for connosco, não faças sair daqui". Israel estava perto de entrar na terra prometida; naquele lugar com que sonhavam, pelo qual lutavam, ansiavam!

Mas para variar, Israel pôs os pés pelas mãos e Deus disse a Moisés que não iria com o povo. Ainda assim, Deus estava disposto a enviar um anjo com eles, para que Israel entrasse na terra prometida.

Perante este quadro Moisés tinha duas escolhas. Escolhia a terra e o anjo ou escolhia Deus; escolhia o sonho da sua vida e a concretização deste ou dava preferência a Deus.

Moisés tinha nas suas mãos uma decisão a tomar; ou escolhia a promessa de Deus, a terra prometida, ou então escolhia o próprio Deus abdicando da concretização, pelo menos instantânea, do sonho.

Moisés escolheu Deus no lugar da promessa de Deus; Moisés escolheu Deus em lugar do sonho; Moisés escolheu Deus, e não somente não desejou entrar na terra sem a presença de Deus com o povo, como de seguida pediu que Deus lhe mostrasse a sua glória, revelando que aquilo que Moisés mais ambicionava não eram as promessas ou as bênçãos de Deus, mas sim o próprio Deus!

E nós?


 

20 Biblos:

Vilma disse...

Sem dúvida.. e tantas vezes perdemos por fazer a escolha errada.
Desejar Deus por aquilo que ele é e não por aquilo que ele nos pode dar!
Bom reinicio! ;)

José Carlos disse...

Deus vale por si. Mesmo que não nos desse nada, pertencer-LHE já era um privilégio.
Abraço

Daniel disse...

Obrigada Vilma, pelo comentário animador

Daniel disse...

Pelo teu comentário José, vejo que consegui atingir o meu objectivo neste artigo.

Marlene Maravilha disse...

Que lindo texto e tema para comemorar o retorno ao blog!!
Eu quero é andar com Deus!!!!Como conhecemos o Deus que temos crido, sabemos que as demais coisas nos seräo acrescentadas!
beijo

Timor disse...

Porque ficar com uma grande bênção se podemos ficar com a fonte de toda a bênção… Deus… te abençoe.

Natenine disse...

Welcome back to the blogosphere!
Saliento uma ideia de agostinho de hipona, dizia ele que de maneria alguma podia trocar Deus pelas coisas que Deus criou.
Trocar a benção pelo Abençoador, vá.

elianderson disse...

é difícil!
é muito difícil!
é difícil demais!

lembro da história da Jocum, quando
eles queriam muito um barco pra
fazer trabalhos sociais por vários
países. era promessa de Deus, era
para a glória de Deus, mas o sonho
se tornou maior que Deus e o barco,
(ou melhor, era um návio) que já
estava praticamente pago, não foi
comprado. as coisas deram erradas
e eles só tiveram o navio quando
o foco da sua visão estava em
Deus e não no sonho. profundo!

precisava ouvir isso,
mas não com tanta força!

Daniel disse...

Elianderson, Todos nós corremos o risco de desvirtuar o cristianismo, e seguir o que Deus têm e não propriamente Deus em pessoas.
Mas quando o fazemos, quando trocamos Deus pelo que ele tem, o mais certo é não termos o que ele têm, ou mesmo que o tenhamos, não nos fará completos.
Se realmente seguirmos Deus em pessoa, então não precisamos de ficar preocupados, pois ele nos dará o que precisamos...

Daniel disse...

Timor, tu tens razão!!!
Mas a teoria é mais simples do que a prática e de alguma forma todos desejamos o que Deus têm!!!

Basta olhar para as nossas orações em que colocamos os nossos pedidos, e pouco nos preocupamos em desfrutar dele.

Daniel disse...

Natenine, a isso se chama espírito de sintese.

Anónimo disse...

QUE BOMBASTICO, É A LOUCURA.

DUNAMIS

Marlene Maravilha disse...

Um lindo final de semana junto ao Pai!
beijos

AB Sesimbra disse...

Obg pela visita, parabéns pelo blog. Fica em paz!

Tinoca Laroca disse...

"o homem pois examine-se a si mesmo..."
God bless you.
T.

Paula Aurélio disse...

Por vezes este é o nosso problema. Escolhemos os nossos sonhos em vez de escolher a Deus, sem imaginar que muitas das vezes ao escolher Deus estamos a realizar os nossos proprios sonhos. Esta é grande prova da nossa fé. Sem a presença de Deus nas nossas vidas não somos nada. Que cada um de nós faça aquilo que Moisés fez. Escolher Deus e seguir a vida sempre contando com a Sua presença.

nuno alexandre disse...

Continua o teu bom trabalho!

Pedro Alves disse...

"Jó 42:5

Com o ouvir dos meus ouvidos ouvi, mas agora te vêem os meus olhos."


Moisés também.

Irina disse...

Gostei muito do post.
Infelizmente as vezes fazemos a escolha errada e escolhemos a bênção e não o Abençoador, e não pensamos que, se escolhermos o Abençoador, por consequência teremos também as bênçãos. Temos que cuidar para não nos relacionarmos com Deus por interesse.
Dta!!

Anónimo disse...

Obrigado por resumindo-o tão bem. Eu acho que vou estar voltando aqui muitas vezes. Atenciosamente.